A capacidade auditiva é uma habilidade de desenvolvimento humano fundamental. Encontra se de entre os cinco sentidos e sistemas de representação do mundo.

Vários são os estímulos a que desde cedo estamos sujeitos e que constituem as experiências responsáveis pelo sistema de aprendizagem.

A introdução do som com objectivo lúdico, educativo ou terapêutico tem um impacto muito positivo na educação dos mais novos.

O contacto com o som e o uso que dele se faz, constitui numa ferramenta poderosa quando o objectivo é o investimento no desenvolvimento pessoal e auto-conhecimento.

Desta forma uma comunicação eficaz encontra se intimamente ligada á capacidade de escuta.

O simples ato de saber escutar e não somente ouvir, desencadeia no ser humano diferentes estados de ânimo que poderão desde cedo constituir ferramentas na procura de uma melhor versão de si mesmo

Usar o Som a nosso favor significa usufruir da capacidade de percepcionar o mundo. Acredita-se que essa habilidade foi desenvolvida em nossa espécie como um subproduto da linguagem. No entanto, também sabemos que temos contacto com o som ritmado desde muito muito cedo, com as batidas do coração da nossa mãe quando ainda estamos no útero.

 Para aproveitar as capacidades do som e da música, é preciso entendê-los como elementos capazes de estimular a imaginação, a emoção e a memória.